Eu aceito os cookies deste website.

Usamos cookies para fazer este website melhor. Para saber mais sobre estes cookies, por favor, leia nossa Política de cookies.. Caso você continue sem alterar as suas configurações de cookies, você estará consentindo com seu uso. Porém, caso você tenha interesse em remover nossos cookies, encontrará como fazê-lo na nossa política de cookies.

Gerenciamento de lesões

As lesões fazem parte de qualquer esporte de contato. Lesão grave ou com risco de vida no Rugby, no entanto, são raros. O resultado de muitas lesões muitas vezes pode ser melhorada através de habilidades de primeiros socorros simples até a ajuda de emergência chegar. Na maior parte do mundo, nos jogos rugby, há pouco apoio médico ao lado do campo disponível e qualificado. Assim, a primeira responsabilidade de ajuda pode cair para dirigentes, treinadores, jogadores, pais ou árbitros.

Muitas vezes, quando nos deparamos com uma lesão, o problema é o que não se deve fazer e não o que fazer, ou seja, "não causar mais danos”. Muitas coisas melhoram com um pouco de tempo e, comumente, assumindo o controle de uma situação prevenindo o pânico é tudo que é necessário até que o jogador melhorar ou aguardar que ajuda mais experiente chegue. Em determinadas circunstâncias, medidas simples como a proteção da cabeça e pescoço, garantindo uma via aérea aberta ou apoiar um braço machucado são muitas vezes tudo o que é necessário nos primeiros momentos para uma gestão adequada da lesão.

Há, é claro, algumas condições onde a idéia de simplesmente apoiar o jogador e esperar será uma coisa errada a fazer, por exemplo, parada cardíaca. Estes, apesar de raros, ocorrem e são uma das razões para garantir que haja atendimento de primeiros socorros treinado disponíveis em jogos e treinos.

World Rugby recomenda que existe um nível adequado de cobertura de primeiros socorros em todos os jogos e sessões de treinamento. World Rugby oferece diferentes níveis de formação e mais detalhes podem ser encontrados em playerwelfare.worldrugby.org/firstaidinrugby

Os princípios gerais de cuidar de um jogador lesionado são:

  1. Não cause mais danos
  2. Assuma o controle
  3. Evite movimentos desnecessários
  4. Fale com o jogador
  5. Peça ajuda se necessário
  6. Garanta que ajuda mais experiente esteja a caminho
  7. Reconhecer quando você precisa chamar uma ambulância


Assuma o controle da situação.

Previna o pânico até que o jogador se recupere ou que ajuda mais experiente chegue é fundamental para cuidar de um jogador lesionado.


Todos os interessados ​​- treinadores, árbitros, pais e qualquer pessoa envolvida no jogo - devem realizar treinamento básico de primeiros socorros